A Aerolíneas Argentina recebeu autorização para iniciar, em 20 de junho, um voo direto entre Curitiba e Buenos Aires, mas a empresa não confirma se vai levar adiante a operação. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que regula o setor no país, confirmou ontem que a Aerolíneas solicitou uma rota diária a partir de Curitiba, com saída prevista sempre às 13 horas. Procurada, a companhia informou apenas que “existem estudos [para um voo Curitiba-Buenos Aires] para o futuro, mas não há nenhuma data definida.”

De acordo com as regras da Anac, a companhia aérea é obrigada a realizar 80% dos voos previstos durante um período de três meses. Do contrário, ela perde o “Hotran”, documento que formaliza a concessão da linha. Para cumprir a determinação de frequência de voos, a Aerolíneas precisa começar a rota do Afonso Pena até 7 de julho. Segundo a agência, o pedido da empresa para operar o trecho foi feito em 1.º de fevereiro. No caso da perda do “Hotran”, a companhia deve entrar com uma nova requisição. O processo de autorização dura em média um mês. Atualmente, Curitiba tem um voo da Gol para Buenos Aires, mas sempre com escala em Assunção, no Paraguai.

Fonte: Gazeta do Povo

Comentários

  1. Christian Saavedra disse:

    Ninguém comentou pelo fato de “SEM COMENTÁRIOS” !!

  2. leonardo feldmann disse:

    Eles pediram em fevereiro e so agora liberaram e ainda dizem que demora so um mes??? Comé???????????????????????????????????????

    e voo da baires fazendo escala em assuncao?? putz…

  3. josé luiz da costa disse:

    Curitiba não tem 100 PAX/dia para Aerolineas, e ai não tem voo. Tem a Pluna com conexão por Montevideo. Direto vai demorar.