Muita satisfação vermos nosso aeroporto mais uma vez no topo da lista divulgada pelo Ministério dos Transportes! Confira a matéria:

 

Os 15 aeroportos responsáveis por 80% da movimentação de passageiros da aviação regular no Brasil mantiveram o nível de 86% de aprovação no 2º trimestre de 2016, segundo resultados da Pesquisa Permanente de Satisfação do Passageiro, realizada pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. Isso significa que a maioria dos passageiros ouvidos, numa escala de 1 a 5, avaliaram com nota 4 (bom) ou 5 (muito bom) os principais aeroportos do País.

Os indicadores de facilidades ao passageiro, serviços prestados por companhia aérea, infraestrutura aeroportuária e serviços públicos também mantiveram um nível de 74% de aprovação neste trimestre, ficando com notas igual ou superior a 4. No mesmo período de 2015, o índice era de 67%.

Após um ano, o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba (PR), voltou a ser apontado como o melhor terminal do País, com a nota de 4,64. O Aeroporto Santos Dumont (RJ) ficou em segundo lugar, com nota 4,44; seguido de Guarulhos (SP), com 4,40; Recife (PE), com 4,36; e Viracopos (SP), com 4,34. Entre os aeroportos que mais evoluíram em relação ao mesmo período do ano passado, estão Guarulhos (8,8%) e Santos Dumont (8,6%), duas das principais portas de entrada para a Olimpíada e Paralimpíada.

“Mais uma vez, entre os cinco melhores terminais, três são da rede Infraero, o que destaca cada vez mais a disputa saudável e aprimoramento dos gestores aeroportuários na prestação dos serviços aos passageiros, após o início da série histórica, em 2013. Nesta rodada, vimos o Aeroporto do Santos Dumont em segundo lugar, no esforço para chegar a primeiro do ranking. Isso mostra que a pesquisa serve como base para que os aeroportos saibam os pontos que precisam melhorar e o que já está dando certo na gestão” afirma o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella.

Dos 38 indicadores avaliados, Curitiba alcançou a maior nota em 15 deles. Outros indicadores que tiveram a melhor avaliação entre todos os aeroportos foram tempo de fila de aduana e cordialidade dos funcionários da emigração (4,98); Limpeza geral do aeroporto (4,84); e disponibilidade de assentos na sala de embarque (4,82). Por outro lado, o terminal ficou com o menor índice na qualidade da internet/WI-FI (2,24). Neste indicador, o Aeroporto do Santos Dumont garantiu o primeiro lugar, com nota 4,26.

NOVA METODOLOGIA – Desde 2013, a Secretaria de Aviação divulga trimestralmente a pesquisa permanente que mede a satisfação dos passageiros em itens de infraestrutura, atendimento, serviços e gestão. A medição é realizada nos 15 principais aeroportos do Brasil, responsáveis por 80% do movimento de passageiros no País.
Após mais de três anos, a Secretaria reformulou a metodologia aplicada e retirou ou substituiu alguns indicadores, reduzindo de 48 para 38 os itens de medição. Por outro lado, alguns indicadores foram incluídos ou alterados: a qualidade de informação prestada por funcionários das companhias aéreas e a disponibilidade de vagas no estacionamento são duas delas.

Segundo o diretor do Departamento de Gestão Aeroportuária da Secretaria de Aviação, Paulo Henrique Possas, a reformulação dos indicadores ocorreu em função de toda experiência adquirida no manuseio dos dados nos últimos três anos. “Nosso objetivo é aperfeiçoar cada vez mais a análise do desempenho dos aeroportos brasileiros, focando no que é importante para gestão aeroportuária”, explica Possas.

Ao todo foram realizadas 13.452 entrevistas nos meses de abril, maio e junho de 2016. Desde que o levantamento começou a ser realizado em 2013, mais de 225 mil pessoas foram ouvidas. O levantamento é realizado pela Praxian – Business & Marketing, responsável pela pesquisa de campo, o nível de confiança do estudo é de 95%, com margem de erro de 5%.

Fonte: Ministério dos Transportes