Matéria veiculada no site de notícias da Band.

Equipamento que permite pouso com baixa visibilidade vai evitar fechamento do aeroporto por mau tempo. Tripulações serão treinadas

Para reduzir o fechamento do Afonso Pena em dias de forte neblina, a Infraero vai implantar no aeroporto curitibano o equipamento ILS-3, utilizado em cidades como Londres. Com tecnologia mais avançada, ele permite que a aeronave chegue ao solo com visibilidade quase zero.Hoje, o Afonso Pena opera com o ILS-2.Além de Curitiba, apenas os aeroportos de Guarulhos, em São Paulo, e do Galeão, no Rio de Janeiro, devem receber o ILS-3, conforme disse o superintendente da Infraero no Paraná, Antônio Pallu. “O investimento já é pensando em evitar problemas durante a Copa do Mundo de Futebol de 2014, quando vamos receber grande fluxo de turistas”, disse.
O estudo está sendo feito pela Infraero e envolve três requisitos básicos: instalar no solo equipamento correspondente ao ILS-3, habilitar a tripulação e homologar a aeronave conforme o novo equipamento. Estas duas últimas são de responsabilidade da empresa aérea, segundo Pallu.
Alguns componentes para o ILS-3 serão importados. Outros, o Afonso Pena tem no ILS-2. “Eles apenas passarão por atualizações”, conta o superintendente.
O Afonso Pena também passará por algumas obras para se adaptar à nova tecnologia, que afeta a aeronavegabilidade. Será preciso, entre outras coisas, adaptar rampas de aproximação e ampliar a sinalização horizontal, que deve percorrer toda a pista de rolagem da aeronave, e não só a de pouso. “O ILS-3 é um sistema muito complexo e restritivo, e precisa que a estrutura seja adequada para permitir segurança.”

Fonte: http://www.band.com.br/noticias/cidades/noticia/?id=100000441960

Notícia enviada pelo leitor Paul.

Comentários

  1. Andreas Fast disse:

    Agora acabou CLX de dia =/

  2. Adriano Soares disse:

    Mas devido ao volume de anvs durante o dia provavelmente iriam direcionar as cargas para noite. Bem que poderiam fazer 3º pista com CAT3.

  3. tracksbct disse:

    Como assim ??

  4. Leandro disse:

    tendo em vista que a maiorias das cargas já chegam de noite ou de madrugada, também não entendi o comentário do colega

  5. Lucas Gabardo disse:

    O horário regular do CLX la pelas 03:00 da manha, mas devido ao nevoeiro, e aero fechado, ele vem de dia. Se tiver o CAT III ele vira sempre nesse horário.

  6. tracksbct disse:

    A sim rsrsrs. Mas se for para o bem de todos, que tenhamos o CAT 3 e melhorias em nosso querido Afonso Pena.

    Eu tenho certeza absoluta de que se algum dia sair essa terceira pista, Curitiba será um dos maiores pólos cargueiros do Brasil.

  7. Adriano Soares disse:

    Não só CLX mas LAN, FWL, Centurion, LH que tem vindo geralmente durante o dia, passariam vir a noite. Não tenho ideia quanto ao volume de anvs e turistas que virão à CTBA durante a Copa do Mundo, será que o pátio não ficaria lotado anvs menores?Será haveria espaço para cargueiros? CAT3 quando implantarem será bem vinda e uma conquista provavelmente para ver cargueiros somente á noite. Pena para nós spotters.Vamo posa no aero!!rsrs Me fiz entender?

  8. Leonardo disse:

    Tinha que pensar na 3a pista em primeiro lugar. 3a pista! + de 3000 metros pro SBCT

  9. Tales Graciano disse:

    Sou contra esse CAT-3 aí! Pra mim é gastar dinheiro a toa. Curitiba hoje recebe quatro frequencias semanais regulares (2xLH e 2xCLX) que possuem equipamento e tripulaçao para operar o CAT 3. E tem mais uma: quando o aeroporto fecha, ele nao fica em condiçoes de operar CAT 3 A, que é o que será implantado. Para a operaçao desse equipamento, é necessária uma visibilidade horizontal mínima de 200 metros (em vez de 400, no CAT 2), coisa que nao existe quando se forma aquele nevoeiro que nós conhecemos. Resumindo, nao vai parar de fechar Curitiba, e vao ser rarríssimas as vezes que uma das quatro frequencias semanais que sao habilitadas a operarem cat3 o utilizarao. Curitiba precisa é de PISTA e PÁTIO, com urgencia! Temos um aeroporto extremamente bem localizado quando falamos de turismo e cargas, tanto que o tráfego é instenso nesses quisitos, mas oq adianta essa boa posiçao geográfica se nao temos mais do que 2 posiçoes cargueiras quando recebemos com frequencia 4 voos cargueiros por dia, ou temos 7 aeronaves que pernoitam sendo que poderiam ser 15 ou 20 se houvesse lugar pra elas no pátio?? (Pois solicitaçoes de pernoite das cias nao falta). Podiamos estar com no mínimo TAP e COPA operando em CWB, mas como tirar um A330 ou um 737 com combustível pra voar sete horas até o Panamá do chao em Curitiba?? Se tivesse pista, no mínimo, estas duas estariam operando, e eu nao daria 4 meses pra American e Delta abocanharem as conexoes CWB/POA/FLN-GRU-MIA/JFK/ATL com voos próprios saindo de CWB, ja que estao fazendo o mesmo em aeroportos como FOR,SSA,CNF,BSB. Resumindo, o problema é PISTA E PÁTIO! Sobre o CAT 3 novamente, ele é sim útil, em aeroportos como GRU e GIG, que recebem dezenas de aeronaves norte americanas e européias diaramente, que poderiam utiliza-lo.

  10. Lucas Gabardo disse:

    Tales, vou citar o post do Leandro no CR, o qual eu concordo:

    “O papel da Infraero é prover a infra-estrutura, eles estão fazendo, agora vai da CIA aérea aproveitar isso.

    Confesso que tenho um pouco de medo que gastem horrores com isso e nenhuma empresa utilize, mas alguém tem que dar o passo inicial. Não adianta a infraero ficar “não vou instalar porque ninguém pode usar” e a empresa ficar “não vou treinar tripulação porque não tem nenhum aeroporto com CATIII”. Aí fica num impasse sem solução.

    Mas eu imagino que, instalando nos 3 aeroportos, CWB GRU e GIG, sendo 3 aeroportos com bom movimento, acho difícil que as empresas ignorem. Porém também não tenho idéia dos valores gastos com os fechamentos e os valores necessários para o treinamento, aí precisaria ver o que é mais vantajoso.

    GRU e GIG dispensam comentários, CWB tem MUITO pernoite, se fecha antes do avião chegar aqui pode atrapalhar toda a programação de manutenção daquele avião, se fecha com o avião aqui, atrapalha toda a malha no dia seguinte, já que normalmente demora pra abrir, os primeiros voos saem as 6 da manhã e o aeroporto abre no mínimo umas 3 horas depois disso.”

    Com o CAT II deve ter sido assim também, é só uma questão de tempo, vale mais apena treinar as tripulações do que alternar avião, gastar mais combustível, etc…

    Sobre o CAT III A concordo, aqui acho que pra resolver precisaria no mínimo do B

  11. Tales Graciano disse:

    Entao que gastem dinheiro com PISTA E PÁTIO, para possibilitar dezenas de pernoites e novos voos internacionais em vez de aumentar a amplitude de horário na operaçao do aeroporto em meia hora! que é o tempo que leva pra diminuir a visibilidade de 400 para 200 metros e fechar TUDO até pra CAT3A

  12. Lucas Gabardo disse:

    Tbm concordo, pátio parece que vai sair, mas pista os cara não se acertam, prefiro 1000x uma nova pista com CAT I do que um CAT III A na atual.

  13. Tales Graciano disse:

    Com certeza, mas pátio pelo que sei vai sair um puxadinho pra criaçao de algumas remotas ali onde tem grama entre o páti oe a ‘B’. Curitiba precisa de um prolongamento no TPS de pax para atender ao mesmo tempo no mínimo 12 aeronaves na ponte, sendo pelo menos 4 delas wide-bodies simultaneamente, construçao de um novo TECA e pátio para no mínimo 8 posiçoes cargueiras (até para poder usar de pernoite e MNT) e deixar o TECA e pátio cargo atuais apenas para VIP, aviaçao geral, e pernoite

  14. Tales Graciano disse:

    Seria perfeito! Afinal, a 11/29 se veria completamente inútil com a construçao de uma terceira pista, e com esse projeto de novo TECA, nao precisa de desapropriaçao nenhuma… seria PERFEITO MESMO, mas e pra sair do papel?? Daí que entra a seriedade e comprometimento com a infraestrutura de determinados países, infelizmente.

  15. tracksbct disse:

    Mas se constrirem mesmo a terceira pista ali onde tá na foto, onde ficaria o pátio?? Será gasto um dinheirão pra tirar todo mundo dali!!!

  16. Lucas Gabardo disse:

    Poderia ser feito em vários lugares. Tem esse desenho mais antigo, poderia ser naquela parte entre a nova taxiway para a nova pista e o estacionamento. http://2.bp.blogspot.com/_zuTxY1nkGCM/THB89W6upWI/AAAAAAAAAhE/SRE_xWh_U7w/s1600/nova+pista2.jpg

  17. Adriano Soares disse:

    O projeto parece ser muito bom, esperamos que realmente saia do papel não fique só na conversa e na vontade!Dinheiro esta vindo basta saber aplicar os recursos corretamente. Por isto que eu digo o necessário seria o aumento do patio e a 3ª pista em conjunto, uma coisa depende de outra, todos sabemos que em diversos horarios ocorrem sequenciamento de até 5 anvs, e quando fecha POA que alternam pra SBCT dai não decola de congonhas e guarulhos pq não possui espaço no pátio(situação já vivida, ficamos aguardando 1:15 dentro do avião em Congonhas para liberação do voo pra cá).