O aeroporto de Guarulhos-SP sempre foi referência para o spotting nacional. Inaugurado em 1985 e com uma diversidade de aeronaves e locais para fotografar, o aeroporto sempre esteve na rota dos entusiastas, que cada vez mais vão até lá para praticar um pouco do nosso saudável hobby. Em 2012, com o intuito de alavancar melhorias e aumentar a eficiência do aeroporto, o Governo Federal e o Consórcio  Grupar assinaram um contrato de concessão, formando a Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos S.A. Entre as mudanças está a nova indentidade visual GRU Airport, novas facilidades aos passageiros e projetos visando um melhor aproveitamento e a manutenção do aeroporto.


Spotters em ação no Morrinho. Imagem por: Herbert Fabiano Monfre de Oliveira

Porém, um dos projetos acaba influenciando um dos nossos principais locais para a prática do spotting, o morrinho. Para entender melhor, a área sempre pertenceu ao terreno do aeroporto, porém ao longo dos anos muitas casas foram construídas em local inadequado, junto ao morrinho e agora os moradores estão sendo desapropriados. Com um futuro incerto e com placas proibindo o acesso, os spotters de todo o Brasil iniciaram um movimento na tentativa de preservar o nosso lugar.

Vários sites e spotters independentes estão apoiando a causa, sendo que alguns representantes estão em contato direto com a parte de comunicação do aeroporto. Estamos evoluindo nessa conversa e o até o momento o GRU Airport está interessado na nossa causa, no nosso hobby. O Terminal Curitiba, mesmo focado no movimento local, apoia essa causa e está em contato direto com os outros membros desse movimento.

Sites que apoiam essa causa:
ACCA – Aviação Civil
Aerocast
Aeroin Brasil
Contato Radar
CNF Ao Vivo
GYN Online
MSTeam
RMC Aviação

Comentários

  1. Antonio Carlos Pianaro disse:

    Realmente temos que brigar por esse local, pois, o morrinho está para GRU, como o Papa está para o Vaticano.