A torre acaba de informar via fonia às aeronaves que foi detectado um problema no pavimento da pista principal, próximo à cabeceira 33. Segundo informado, a Infraero já está verificando a situação.

Update 17:25h: Controle vetorando as aeronaves para a final NDB da pista 33, porém sem utilizar os primeiros 300m. A segunda opção é circular para pouso na pista 29 ao atingir condições visuais.

17:45h: Pista 15/33 impraticável. Os pousos e decolagens estão sendo feitos pela pista 29 (auxiliar).

19:30h: operação normal pela pista 15.

Comentários

  1. Gustavo disse:

    PIsta impraticavel… 😮

  2. Hernel disse:

    Estão efetuando arco/DME para a 29

  3. Lucas Gabardo disse:

    Tenso!

  4. Leandro disse:

    eeeehhh, pistinha guerreira, mas não tá mais aguentando não

  5. jose luiz da costa disse:

    E a Infraero/controladores, deveria fazer operações simultaneas com as duas pistas, hoje uma delas esta sendo sacrificada, melhoraria a rapidez nos pousos e decolagem. No dia 16/12 ficamos 25 minutos para decolar pela 15 devido ao trafego. Pela 15 temos 5 milhas e mais 2 minutos para cada operação, isto é uma vergonha.

  6. Tracksbct disse:

    Acho que a pista 11/29 não aguentaria tanto tráfigo. Quando aconteçeu aquele incidente com o Cielos alguns anos atrás, a pista 11/29 passou a ser usada por quase um mês. O resultado, a pista chegou até a ter “buracos” no pavimento. E acredito eu, que nesse tempo o SBCT tinha menos tréfego que hoje. Não sei se fizeram alguma coisa pela 11/29 de lá pra cá que aguente tanto tráfego.

    Abs…

  7. Raphael disse:

    Não sou especialista, mas na ultimo dia 15 fui para SP de Azul e ele decolou pela 11. Na seqüência de decolagem tinha um Gol e um Jato particular. Após a passagem do Gol, o jato foi para a cabeceira 13 e o Azul alinhou na 11. Após a passagem do jato, imediatamente o E190 correu pela pista.
    O que eu acho, que a 11/29 poderia ser utilizada para decolagem de aviões mais leves, E145, E190 e quem sabe até A319, mas isto ai não é a gente que decide.