Uma suspeita de bomba cancelou o Voo JJ 3010 da Tam, que sairia do aeroporto Afonso Pena na tarde desta segunda-feira (14). O destino era o aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e sua decolagem estava programa para as 14h01.

Porém, a necessidade de encontrar o proprietário de uma bagagem esquecida na sala de embarque fez com que o voo fosse cancelado.

Segundo a administradora de empresas Ana Silvia Nassar, que estava no avião, um agente da Polícia Federal (PF) entrou na aeronave e, após percorrer o local por duas vezes, comunicou a suspeita de bomba aos passageiros.

“Ele disse que iriam fazer o raio-x em todas as bagagens. Com a demora, se fosse para a bomba estourar, já teria estourado. A polícia fez todo mundo descer e uma fila homérica se formou para refazer o check-in”, disse.

Após a inspeção dentro do avião, a PF confirmou que tudo não passou de um boato. Ainda não há informações sobre um novo voo para os passageiros prejudicados.

Confira na íntegra a nota oficial da TAM:

A TAM informa que o voo JJ3010, de Curitiba para Congonhas/São Paulo, com partida às 14h01 desta segunda-feira (14), foi cancelado devido à necessidade identificar o proprietário de uma bagagem esquecida na sala de embarque do aeroporto da capital paranaense. Para garantir a segurança de passageiros e tripulação, a Polícia Federal foi acionada e nada que apresentasse risco foi encontrado. Porém, para que a busca fosse feita adequadamente, o voo foi cancelado e os passageiros estão sendo reacomodados nas próximas partidas. A TAM lamenta os transtornos.

Fonte: Portal Banda B (http://bandab.pron.com.br/jornalismo/suspeita-de-bomba-em-aviao-cancela-voo-no-aeroporto-afonso-pena-30629/)

Comentários

  1. Christian Saavedra disse:

    Credo !! Isso por aqui ?!?!

  2. joseluizdacosta@bol.com.br disse:

    Esta história esta mal contada. Tem boi no ar.