O calendário deste mês traz este belíssimo registro do Dassault Falcon 900EX EASy, matrícula PR-ROZ e que pertence à Aero Rio Táxi Aéreo. A aeronave foi registrada no Bacacheri no mês de Julho, e além dessa ser uma bela foto, ela vem acompanhada de uma história curiosa. Neste dia o nevoeiro estava se formando com bastante intensidade, e já tinha tomado completamente a região do Aeroporto Afonso Pena. O SBCT, que era o destino do Falcon 900, já operava em condições de ILS CAT II, e a tripulação não estava homologada para operar nessas condições.

novembro2014-650px

Resoluções Disponíveis: 1280×800 | 1366×768 | 1440×900 | 1680×1024 | 1920×1200

Nosso membro da STAFF, Lucas Gabardo, estava ouvindo a fonia em sua casa, e ouviu toda a situação do PR-ROZ. Sendo um apaixonado por aviação, Lucas prontamente pensou em uma solução aos colegas: se já temos um Falcon 900 operando com frequência no Bacacheri, o PR-ROZ poderia pousar ali também, já que a neblina ainda não tinha fechado a pista do SBBI. Ele pegou o telefone e entrou em contato com a Sala AIS do SBBI, que coordernou junto à Sala AIS do SBCT para informar à APP que o SBBI era uma opção de alternativa para a tripulação, que já estava preparada para alternar Navegantes/SC.

Aí, o que parecia ser a solução, gerou outro problema. A Infraero recusou o estacionamento da aeronave no pátio geral do Bacacheri sem prévio aviso por se tratar de um avião de grande porte, onde teriam que movimentar outras aeronaves no pátio e não estavam preparados operacionalmente para isso. Mais uma vez, Lucas rapidamente pensou em outra solução. Pegou novamente o telefone, e entrou em contato com a Aeromecânica, que é o hangar onde o outro F900 fica estacionado quando está no SBBI. Com o OK da Aeromecânica, e em função do PR-ROZ ter o seu próprio garfo para reboque, novamente a informação foi passada à tripulação e eles pousaram no Bacacheri em segurança, menos de 20 minutos antes do SBBI também fechar devido ao nevoeiro. Parabéns ao colega Lucas Gabardo que demonstrou o seu sentimento de paixão pela aviação, com uma atitude tão altruísta como essa.

O modelo EX do Falcon 900 foi produzido entre 1996 e 2010 – fazendo com que este exemplar tenha sido um dos últimos entregues, em 2010 – e trazia significativas alterações em relação aos modelos anteriores, entre elas novos motores Honeywell TFE731-60, com autothrottle, que são um pouco mais pesados que os motores da versão anterior do F900, porém geram 500lb de empuxo a mais cada um (são 15.000lb de empuxo no total). Além disso, o EX leva mais combustível, com dois tanques extras na barriga que adicionam quase 1 hora a mais de autonomia, uma distância total de quase 9.000km. O sistema de avionicos EASy é uma evolução do Primus padrão no EX, e transforma completamente o cockpit em um moderno ambiente de trabalho para a tripulação, totalmente digital, alterando a forma como os dados são apresentados, reduzindo a carga de trabalho, e ainda melhorando a percepção da situação pelos pilotos.